Resultados

Você está em - Home - Resultados

Resultados do Teste de Ergoespirometria

Uma das principais variáveis avaliadas é o consumo máximo de oxigênio (VO2) no pico do exercício, não obstante, depende do paciente realizar um esforço realmente máximo. Por isso, outras variáveis são obtidas com o objetivo de validar o exame até em testes submáximos.

VEJA TAMBÉM:

Limiar Anaeróbio (LA) ou primeiro limiar é o ponto do exercício que começa a acumular lactato no sangue e o segundo limiar é conhecido como limiar ventilatório ou ponto de compensação respiratório, ponto em que atinge a incapacidade do sistema metabólico em tamponar a acidose, gerando a necessidade de hiperventilação para excretar o excesso de CO2. Estes limiares são importantes para a prescrição de exercício, idealmente realizando a atividade física entre os dois limiares. Nota-se que pacientes limitados dificilmente alcançam o segundo limiar e pacientes muito enfermos não atingem nem o primeiro em 25 % das vezes. De forma geral, VO2 no primeiro limiar < 8 mL/kg.min e VO2 máximo < 10 mL/kg.min predizem mau prognóstico e reforçam indicação de transplante cardíaco no paciente com insuficiência cardíaca.

O equivalente de C02 (VE/VCO2- slope) é uma importante variável prognóstica e significa a quantidade de ar necessária por minuto exalada para eliminar um litro de CO2. Idealmente avaliado durante todo o esforço, sendo normal < 30 e relaciona-se com pior prognóstico quando está acima de 34.

Em últimas palavras, a avaliação clínica com anamnese e exame físico é primordial para o planejamento da promoção da saúde dos pacientes. Contudo, em determinados cenários, exames complementares tornam-se fundamentais para otimizar a conduta médica. Um exemplo claro disso é a utilização da ergoespirometria na avaliação do paciente com insuficiência cardíaca, como já citado anteriormente, uma vez que, possibilita uma orientação ideal de exercício físico, determina a capacidade funcional e estabelece o prognóstico ao longo do acompanhamento clínico.

VEJA OUTROS: